Quais os sintomas da diabetes

(Atualizado: 15/05/2017)

Neste artigo veremos quais os sintomas da diabetes, mas antes permita-nos esclarecer alguns pontos sobre esta doença que consideramos importantes que você conheça.

A diabete ou diabetes é uma doença crônica caracterizada pelos altos níveis de glicose (açúcar) no sangue.

A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é responsável pelo encaminhamento da glicose ao interior das células, onde é utilizada como combustível para produzir energia.

Quando o pâncreas não consegue produzir insulina em quantidades suficientes, o nível de glicose em circulação no sangue pode subir perigosamente.

sintomas da diabetesSe este nível ultrapassar os 90 decilitros por mg, já pode ser preocupante e, se chegar na marca de 126, a pessoa estará com diabetes.

Detectar qualquer transtorno em seus estágios iniciais é fundamental para recuperar a saúde, e a diabetes não é a exceção à regra.

A dificuldade está em que muitas vezes os sintomas iniciais da diabetes são pouco perceptíveis.

Especialmente quando se trata do tipo 2, os sinais iniciais podem ser muito leves e frequentemente são ignorados ou confundidos com os de outras doenças.

Veja agora quais são os principais sintomas da diabetes

Se sentir algum dos sintomas que indicamos a seguir, é recomendável que você vá no médico para fazer um teste de glicemia.

Se não for tratada a tempo, a diabetes pode levar a complicações graves, que vão desde problemas renais, cardiovasculares e oculares (incluindo a cegueira) à amputação de algum membro ou o coma diabético, entre outras.

Tem pessoas que não chegam a apresentar nenhum sintoma, contudo, é bom ficar de olho nos mais comuns.

Entre os sinais que podem lhe ajudar a identificar a diabetes no início estão os seguintes:

– Aumento da sede e da necessidade de urinar com muita frequência

Ambos sinais são típicos da diabetes. A razão: quando se tem a doença, o excesso de glicose no sangue se acumula e os rins são forçados a trabalhar mais do que o normal para filtrá-lo.

Se o organismo tem dificuldade em controlar o açúcar no sangue, o excesso é eliminado através da urina. Isto faz com que seja necessário urinar com mais frequência, o que pode levar à desidratação.

E quanto mais líquido se bebe para saciar a sede, mais se urina, entrando-se num círculo vicioso que parece não ter fim.

É comum que um paciente de diabetes sinta vontade de urinar à noite, precisando levantar várias vezes para ir no banheiro.

– Fadiga, fraqueza e tontura

Outro dos primeiros sintomas da diabetes é a fadiga sem motivo aparente.

A principal causa desta fadiga ou cansaço é que o corpo de um diabético não tem a insulina de que necessita para que a glicose do sangue possa entrar nas células, onde é convertida em energia.

Sem a fonte de energia necessária para o corpo a funcionar, a pessoa se sente extremamente fraca e cansada.

Outros fatores que podem contribuir para a fadiga são: a desidratação, a obesidade e a hipertensão, frequentemente associados com a diabetes.

– Visão turva

Muitas pessoas nos estágios iniciais da diabetes começam a notar problemas de visão, especialmente visão turva.

Os níveis elevados de açúcar no sangue, fazem com que o organismo utilize os líquidos corporais, inclusive os dos olhos.

A falta de fluido afeta a capacidade do olho para focar com precisão.

Na maioria das pessoas, essas mudanças iniciais não causam problemas significativos. Mas se não for controlada ou se agrava, com o tempo a diabetes pode danificar os vasos sanguíneos da retina (parte de trás do olho).

Nos casos mais graves, pode conduzir à diminuição da visão (retinopatia diabética de diferentes graus) ou até mesmo cegueira.

– Perda de peso repentina e fome frequente

Outro sintoma de diabetes também é a perda de peso sem nenhuma razão aparente.

A eliminação da glicose na urina faz com que também se percam muitas calorias.

Além demais, a doença faz com que o açúcar e os carboidratos que você consome na sua alimentação não possam ser transformados em energia.

Como seu corpo precisa de energia para funcionar, provavelmente você sentirá fome com muita frequência.

– Demora para curar ferimentos e infecções frequentes

Ambos parecem ser mais comuns em diabéticos, mas ainda não se sabe ao certo a causa.

Pode ser que os níveis elevados de glicose interfiram no processo de cura natural do corpo e também na sua capacidade para combater as infecções.

Nas mulheres diabéticas é bastante comum a infecção vaginal causada por leveduras e a infecção da bexiga (cistite).

– Sensação de dormência ou formigamento nos pés

A elevação do nível de glicose no sangue pode resultar em danos nas terminações nervosas (neuropatia diabética).

É frequente a sensação de queimação nos pés.

– Gengivas vermelhas, inchadas ou doloridas

A diabetes pode enfraquecer a capacidade do corpo para combater os germes, aumentando a probabilidade de desenvolver infecções nas gengivas e nos ossos da face que mantêm os dentes no lugar.

É possível que as gengivas se afastem dos dentes e que os mesmos fiquem soltos.

Também podem formar-se feridas nas gengivas, especialmente quando o paciente já tinha uma infecção antes do início da diabetes.

Outros fatores a serem tidos em conta:

– Pele muito seca sem explicação aparente.

– A obesidade ou excesso de peso.

– Ter tido diabetes durante a gravidez (diabetes gestacional).

– Ter um histórico familiar de diabetes.

Os sinais tendem a se agravar progressivamente e, se a doença não for tratada, pode levar a complicações severas como a cetoacidose diabética (no tipo I) e o coma hiperosmolar (no tipo II), por exemplo.

Dicas de café da manhã para diabéticos

A alimentação é fundamental para poder controlar a doença, especialmente quando se trata do tipo 2. O melhor conselho é ter um armário cheio de ingredientes que possam ajudar a preparar um delicioso café da manhã saudável.

Tem alimentos altamente recomendados para os diabéticos.

A seguir relacionamos uma lista de alimentos básicos para fornecer mais disposição de uma forma saudável e prática.

Frutas

As frutas inteiras como maçãs, peras e pêssegos são fáceis de levar onde quiser e proporcionam bem estar. 

Frutas congeladas

São uma opção para usá-las em batidas vitaminadas ou simplesmente misturá-las no iogurte.

Aveia

Ideal para misturar no leite pois está pronto em menos de 2 minutos.

Nozes, amêndoas e amendoim

Possuem excelente combinação de proteína e gordura. Prefira as opções oferecidas sem sal.

Ovos

As propriedades dos ovos podem ser aproveitadas no café da manhã ou no almoço por serem de cozimento rápido.

Outras recomendações

Alguns alimentos como legumes e frutas, brócolis e couve-flor, são ricos em fibras e podem ajudar a diminuir os sintomas da diabete. Mas evite as batatas e bananas.

Nos molhos de saladas prefira os preparados a base de azeite de oliva com vinagre.

Evite alimentos como: café, sal, álcool, chocolate, alimentos com gorduras trans, farinha e açúcares refinados.

Considerações finais

É importante que você controle os possíveis sinais de diabetes para detectar a doença precocemente, antes que tenha tempo de causar danos ao organismo.

Mas como a doença as vezes não apresenta sintomas no início, é melhor que você controle os níveis de açúcar no sangue durante seus exames regulares.

Se os seus níveis estão muito elevados, o médico poderá lhe indicar um tratamento imediatamente.

Como já mencionamos, se a diabetes não for tratada, pode causar sérios danos ao seu corpo.

Mas se você seguir as instruções do seu médico e ativamente participar do tratamento, estará fazendo a sua parte para controlar a doença e levar uma vida o mais normal e saudável possível.

Esperamos que estas informações sobre os principais sintomas da diabetes lhe sejam de bastante utilidade.

Gostou deste artigo? Ajude-nos a divulgá-lo:
Loading...
4 Comentários

Deixe aqui a sua pergunta ou comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *