Os perigos dos medicamentos para emagrecer

A obesidade é considerada uma doença crônica que se instala de forma lenta e progressiva no organismo através do acúmulo de depósitos de gordura, normalmente associado a uma ingestão calórica excessiva e à baixa atividade física.

Do mesmo modo que demora para aparecer, seu tratamento também exige tempo para a obtenção de resultados permanentes e que não comprometam a saúde.




Por não compreenderem esse processo de perda lenta de peso e desejarem uma solução rápida e fácil para o problema, algumas pessoas acabam fazendo uso de medicamentos para emagrecer, importando-se apenas com a perda de peso e não se dando conta das consequências do uso inapropriado de tais substâncias.

Como todo medicamento, os utilizados no tratamento da obesidade também devem ter a indicação e a supervisão de um profissional especializado, não devendo ser usados indiscriminadamente.

Medicamentos para emagrecerO tratamento medicamentoso da obesidade somente é recomendado em casos especiais como, por exemplo, quando a obesidade está associada a outras doenças, como a hipertensão arterial, diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e o colesterol elevado.

Além disso, é bom ressaltar que os resultados só serão satisfatórios e definitivos, se houver a associação dos medicamentos para emagrecer com planejamento alimentar e exercício físico.

Caso contrário, a tendência é voltar ao peso antigo com a suspensão do uso.

Quem quer realmente emagrecer deve ter em mente que a luta contra a obesidade implica em superar as dificuldades, não permitindo que os empecilhos acarretem em desânimo e falta de motivação.




Os obstáculos não podem fazer da perda de peso uma meta inatingível.

A disciplina, a força de vontade e a determinação devem estar sempre presentes para que o objetivo tão esperado, de conseguir chegar no peso desejado, seja alcançado.

Medicamentos para emagrecer

Uma conhecida categoria de medicamentos para emagrecer são as fórmulas de manipulação.

Essas fórmulas consistem numa mistura de substâncias tidas como “naturais”, passando a falsa ideia de serem inócuas ao organismo.

Alguns exemplos de tais componentes são: anfetaminas, diuréticos, laxativos, ansiolíticos (remédios que diminuem a ansiedade) e hormônios da tireoide.

A promessa de emagrecimento, sem a alteração dos hábitos alimentares faz com que muitas pessoas adquiram esses produtos achando terem encontrado a solução para o problema do excesso de peso.




Contudo, desconhecem que, com a interrupção do seu uso, frequentemente ocorre à volta ao peso antigo de forma rápida, caracterizando o famoso e prejudicial efeito “sanfona”, além da presença comum de desidratação, irritação e sonolência como principais efeitos colaterais.

A mudança comportamental é a chave para a manutenção do peso!

O uso de medicamentos para emagrecer, apesar de aparentemente ser eficaz no início promovendo uma perda rápida de peso, acaba na maioria das vezes permitindo um retorno ao peso anterior assim que é interrompida a sua utilização, pois não é capaz de modificar os erros alimentares instituindo hábitos saudáveis na alimentação.

Mesmo para os casos em que os medicamentos para emagrecer são indicados e necessários, a ação conjunta da educação alimentar e da atividade física é imprescindível para o sucesso do tratamento.

Em se tratando de obesidade, não existem fórmulas mágicas nem soluções imediatas e fáceis.

Para conseguir um resultado duradouro e satisfatório à saúde, o mais indicado é uma mudança de comportamento, com a correção de hábitos alimentares inadequados e o aumento do gasto energético, através do exercício físico.

Fonte principal: cyberdiet.terra.com.br | Roberta Stella, Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP)

Batida detox para emagrecer

Ingredientes:

– 1 fatia de abacaxi
– 1 pepino pequeno descascado 
– 2 fatias de beterraba
– 1 maçã
– 1/2 folha de aloe vera (babosa)
– 300 ml de suco de laranja

Modo de Preparo

Corte em pedaços pequenos o pepino, a beterraba, o abacaxi e a maçã.

Extraia a polpa da 1/2 folha de aloe vera com a ajuda de uma colher.

Coloque tudo no liquidificador e bata muito bem.

Esta batida para emagrecer pode ser consumida em jejum.

Além de desintoxicar e melhorar as funções do intestino, também ajuda a emagrecer com saúde e disposição.



Esperamos que tenha gostado de esta entrada sobre os perigos dos medicamentos para emagrecer.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0

Deixe o seu comentário

ATENÇÃO: antes de enviar a sua pergunta ou comentário, leia atentamente nossa Política de Comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *