Obesidade pode provocar morte prematura

Perder peso pode acrescentar anos a sua vida.

As estatísticas confirmam que a obesidade está crescendo cada vez mais, trazendo com ela um maior risco de diabetes e outras doenças crônicas. 




O pior de tudo é que os pesquisadores já confirmaram o que há muito tempo se suspeitava: a obesidade pode provocar morte prematura.

Veja a continuação o resultado de um estudo sobre este assunto.

A obesidade pode provocar morte prematura

Obesidade pode provocar morte prematuraEm janeiro de 2003, o Journal of the American Medical Association mostrou um estudo que a obesidade parece diminuir a expectativa de vida, especialmente entre jovens adultos.

Os pesquisadores compararam o Índice de Massa Corporal (IMC) com a longevidade e descobriram uma correlação entre a morte prematura e o IMC mais alto.

Por exemplo, estimou-se que um homem branco de 20 anos, 1,75m, pesando 140 quilos com um IMC maior que 40 pode perder 13 anos de sua vida como consequência da obesidade.




Embora esse estudo faça referência a níveis extremos de obesidade, há ainda milhões de pessoas com sobrepeso com uma faixa de expectativa de vida que é de três a cinco anos menor do que a de seus colegas com peso saudável.

Herbalife para saúde a longo prazo

A Herbalife tem ajudado milhões de pessoas com sobrepeso a controlar a alimentação por meio de produtos que podem ajudar a baixar a ingestão de calorias de forma nutricionalmente segura. 

Além disso, incentiva as pessoas a adotarem um estilo de vida mais saudável melhorando seus hábitos alimentares.

Por: Dra Susan Bowerman, MS, RD, CSSD
Diretora Assistente do Centro de Nutrição Humana da UCLA (Universidade da California)
Fonte principal: nutricao.herbalife.com.br



Esperamos que tenha achado úteis estas informações sobre como a obesidade pode provocar morte prematura.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0

Deixe o seu comentário

ATENÇÃO: antes de enviar a sua pergunta ou comentário, leia atentamente nossa Política de Comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *