A importância do formato do corpo para emagrecer

Qual é o formato do seu corpo? Você pode ver a sua aparência quando se olha no espelho, mas talvez esteja muito ocupado(a) tentando esconder áreas fora de forma para que possa enxergar-se do jeito verdadeiro que você é.

Mas, você sabe qual a importância que isto tem para poder entrar em forma?




Quanta gordura você está carregando, comparada com a quantidade de músculos?

Onde você tem tendência a ganhar peso: na parte superior do corpo, na parte inferior ou em ambas?

Você precisa saber as respostas para estas perguntas para poder fazer seu plano pessoal de redução de peso e não voltar a recuperá-lo nunca mais. 

formato do corpoEm outras palavras: entender seu corpo é o primeiro passo para alcançar a sua melhor forma física.

Conheça a importância do formato do corpo feminino e masculino

Como menciona o Dr. David Heber, PhD: “Na qualidade de alguém que leciona sobre obesidade, tanto para médicos quanto ao público leigo, eu acredito que a perda de peso tem sido super enfatizada e a forma física sub-enfatizada”.




Muito provavelmente você já ouviu falar sobre o Índice de Massa Corporal (IMC), que é uma medida proporcional entre o peso e a altura de uma pessoa.

Em regras gerais, se o seu IMC for maior que 25, você está com sobrepeso e se for maior que 30, você é considerado(a) obeso.

Esta proporção, até hoje tem sido uma maneira poderosa para os cientistas documentarem a obesidade epidêmica e seus efeitos na saúde e nas doenças.

Entretanto, considerando você como indivíduo, ela pode ser enganosa.

Veja a seguir dois exemplos claros:

– um atleta ou esportista pode ser considerado com sobrepeso na escala do IMC, mas se o seu peso extra for devido aos músculos, ele não será gordo;

– uma pessoa com um IMC normal poderia ter um pouco de excesso de gordura abdominal e a sua aparência não seria exatamente a de uma pessoa magra




Essa aparente controvérsia acontece porque a massa magra é muito mais pesada do que a gordura.

Assim, a aparência e o formato corporal são realmente muito importantes.

As formas corporais

As formas físicas são pessoais e vão além das aparências mais comuns de “maçã” e “pêra”.

Imagine uma linha horizontal logo acima do quadril separando o seu corpo em duas partes: superior e inferior.

As mulheres podem ter três formas corporais básicas: gordura corporal superior, gordura corporal inferior ou ambas.

Os homens, no entanto, geralmente têm somente gordura corporal superior, salvo algumas excessões.

A parte superior do nosso corpo costuma armazenar gordura em tempos de estresse. Algumas pessoas podem perder e ganhar peso rapidamente nessa região.

A gordura corporal inferior nas mulheres responde pelos hormônios femininos (o estrogênio e a progesterona). Este tipo de gordura representa uma reserva para uma eventual gravidez e amamentação do bebê recém-nascido.

As mulheres que têm uma combinação de ambas gorduras corporais – superior e inferior -, ao começar um programa de redução de peso perderão primeiro a gordura superior do corpo.

As mulheres com mais gordura corporal superior normalmente tendem a ter mais músculo do que as mulheres com gordura inferior. Por esse motivo, necessitarão mais proteína para emagrecer e se manterem saudáveis.

Na realidade, lhe será mais difícil emagrecer se você tem mais gordura corporal inferior do que superior.

Por outro lado, os benefícios médicos de perder sua gordura corporal superior são muito maiores.

A redução da gordura em volta do pescoço, rosto, peito e cintura, geralmente acompanha a perda de gordura no interior do corpo também. Ou seja, a gordura interna ao redor dos seus órgãos vitais.

Isto significa que, à medida que você vai adquirindo uma melhor aparência, também estará melhorando a sua saúde de forma muito significativa.

É possível mudar todos os tipos de corpo?

Na realidade, teriamos mais duas “formas corporais” a considerar: a forma que você pode mudar e a forma que você não tem como mudar.

Por isso, é importante que você entenda a diferença e que se concentre em trabalhar apenas a forma que você pode mudar.

Enquanto isso, você pode ajustar seu guarda-roupa e as suas atitudes em função daquela forma que não tem como mudar.

Permita-nos que lhe expliquemos isto de uma outra forma…

Devido ao seu metabolismo baixo, muitas mulheres que têm gordura na parte inferior do seu corpo não conseguem emagrecer simplesmente cortando calorias ou fazendo horas de academia. 

Acontece que geralmente as células de gordura corporal da parte inferior são resistentes tanto ao exercício quanto à dieta.

Nesse sentido, somente um programa personalizado, orientado por um profissional médico especializado ou um nutricionista, poderá lhe ajudar a garantir que você tenha proteína suficiente para controlar os surtos de fome e construir ou manter a massa magra.

De outra maneira, existe uma grande probabilidade de você perder boa parte da sua massa muscular e manter a sua gordura corporal intacta.



Bem, isso foi tudo por hoje, esperamos que tenha achado úteis estas informações sobre a importância do formato do corpo feminino.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0
4 Comentários

Deixe o seu comentário

ATENÇÃO: antes de enviar a sua pergunta ou comentário, leia atentamente nossa Política de Comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *