As gorduras do bem

Atualizado: 19/06/2017

Alguns tipos especiais de gorduras, como o ômega-3 e ômega-6, são saudáveis e cruciais para um sistema imunológico forte e uma pele saudável. Por isso são chamadas de “gorduras do bem”.

Todos nós já ouvimos falar alguma vez que muita gordura na nossa dieta é ruim para a nossa saúde. No entanto, nem todas as gorduras são ruins.

De fato, há gorduras que são realmente boas para nós e são necessárias para o correto funcionamento do nosso organismo. Na realidade, a maioria dos alimentos possui mais de um tipo de gordura.

Alguns, como as nozes, possuem gordura monoinsaturada, ômega-6 e um pouco de ômega-3. Uma ótima combinação.

Outros possuem uma combinação prejudicial à saúde de gordura trans-saturada e saturada.

Os tipos de gordura

A seguir você pode conhecer os tipos de gordura, seus benefícios e malefícios para a saúde, e em que alimentos são encontradas, assim como também a quantidade de gordura a ser ingerida na sua dieta.

– As gorduras saturadas

Uma dieta rica em gorduras saturadas tem mostrado que pode aumentar os níveis do colesterol ruim (LDL) além de aumentar o risco de doenças cardíacas, câncer e obesidade.

Estas gorduras são encontradas em grandes quantidades em alimentos como as carnes gordas, laticínios (especialmente os integrais), doces, chocolates, tortas e bolos.

Alguns tipos de gordura saturada encontradas na carne vermelha e na manteiga podem entupir suas artérias.

Limite-as a menos de 10% do total de sua ingestão de calorias para não prejudicar a sua saúde cardiovascular.

– As gorduras trans-saturadas

São tão ruins para a nossa saúde quanto as gorduras saturadas, ou ainda piores.

As gorduras trans são quimicamente modificadas no processo de fabricação de alimentos.

Não só aumentam os níveis do colesterol ruim no corpo, mas também reduzem os do colesterol bom.

Presentes na margarina, biscoitos industrializados, alguns bolos, barras de chocolate de baixa qualidade e na preparação de fast foods.

Não trazem nenhum benefício e aumentam o risco de doenças cardiovasculares, por tanto, evite estes alimentos.

– As gorduras poli-insaturadasgorduras do bem

São boas fontes de vitamina E, ajudam a baixar os níveis do mau colesterol, aliviam os sintomas da síndrome pré-menstrual e ajudam na coordenação motora.

As gorduras poli-insaturadas são encontradas no óleo de girassol, óleo de cártamo, sementes de abóbora, amêndoas, castanhas de caju e gergelim.

Inclua estas gorduras boas na sua alimentação.

– As gorduras monoinsaturadas

Assim como as anteriores, as pesquisas indicam que também ajudam na redução dos níveis do LDL.

Além disso, uma dieta rica em gorduras monoinsaturadas tem sido associada com um menor risco de câncer e uma maior longevidade.

Alguns alimentos que são ricos em gorduras monoinsaturadas incluem o azeite de oliva, óleo de Angola, óleo de gergelim, abacate, amendoim, macadâmia e carne magra.

Ingira a maior parte de gorduras desse tipo na sua dieta diária.

Veja alguns benefícios das gorduras do bem

A seguir você pode conhecer algumas das funções que as gorduras boas têm sobre nosso corpo:

  1. Ajudam na produção de hormônios.
  2. Isolam e protegem nosso corpo e especialmente os órgãos internos.
  3. Mantêm a pele e o cabelo saudáveis.
  4. Ajudam a regular a pressão sanguínea.
  5. Ajudam a melhorar a função cerebral.
  6. Fornecem energia.
  7. Reduzem os níveis do colesterol ruim (LDL) e aumentam os do colesterol bom (HDL).
  8. Aliviam os sintomas da síndrome pré-menstrual e a menopausa.
  9. Reduzem os riscos contra doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.
  10. Colaboram no transporte de nutrientes através da nossa corrente sanguínea.

Saiba diferenciar entre ômega 6 e ômega 3

1- Ômega 6

Presente em óleos vegetais, sementes e nozes. Pode reduzir o LDL (mau colesterol) e o colesterol total, mas não se debe abusar porque seu alto consumo pode reduzir também o HDL (bom colesterol).

2- Ômega 3

Presente em peixes marinhos de águas profundas, óleos vegetais e nozes. Reduz o nível de triglicérides e o colesterol LDL, aumentando o HDL, por esse motivo esta pode ser considerada uma das melhores gorduras do bem.

Peixes e frutos do mar como fonte de ômega-3

Alguns peixes e frutos do mar são uma excelente fonte de ômega-3.

Esta gordura essencial, além de reduzir o nível de triglicérides e o colesterol ruim, ajuda a regular a coagulação, menstruação e outros processos no organismo.

Além de serem uma boa fonte de ômega-3, os frutos do mar fornecem proteína, zinco, ferro e cobre, que ajudam os atletas a recuperar a musculatura após os treinos.

Um estudo do Journal of the American Medical Association concluiu que comer peixe uma vez por semana pode reduzir pela metade o risco de ataque cardíaco súbito.

Melhores fontes marinhas de ômega-3

– Boa quantidade de ômega 3: bacalhau, linguado, hadoque, lula, camarão.

– Ótima quantidade de ômega 3: atum, ostra, tubarão.

– Excelente quantidade de ômega 3: anchova, carpa, arenque, cavala, salmão, sardinha, esturjão.

Bem, isto foi tudo por hoje, esperamos que tenha gostado e achado úteis estas informações sobre as gorduras do bem.

Gostou deste artigo? Ajude-nos a divulgá-lo:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest
Loading...

Deixe aqui a sua pergunta ou comentário:

Antes de enviar uma pergunta, leia nossas Regras Para Comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *