Como fortalecer os ossos | Proteína fortalece os ossos

Não é somente o cálcio que é necessário para ter uma estrutura óssea saudável e forte.

Um novo estudo provou que a proteína também joga um papel fundamental na densidade dos ossos. 




Aprenda agora como fortalecer os ossos com a alimentação.

Idosos que consomem uma dieta rica em proteína são menos propensos a sofrer fraturas nos ossos do quadril e na coxa do que idosos cuja ingestão diária deste nutriente é menor, de acordo com novo estudo do Institute for Aging Research, em Boston, EUA.

Como fortalecer os ossos com proteínas

O consumo diário maior que 46 gramas de proteína aumenta a densidade de massa óssea.

como fortalecer os ossosOs pesquisadores analisaram a dieta diária de 946 idosos e, assim, puderam constatar que aqueles que consumiam uma taxa abaixo de 25% de proteína, ou seja, menos do que as 46 gramas de proteína por dia recomendada pelos médicos, tiveram suas chances dobradas de sofrer uma fratura no quadril em comparação aos que consumiam maiores quantidades de proteína.

O estudo, financiado em parte pelo Instituto Nacional da Artrite e Doenças Osteomusculares dos Estados Unidos, está baseado em estudos anteriores que vem tentando descobrir com driblar a doença de forma eficiente.




O último deles, realizado pela Universidade de Columbia, Nova York, e concluído em Março deste ano, buscou uma relação entre o uso de determinados medicamentos e o maior índice de fraturas na coxa e quadril.

Uma dieta rica em proteína pode reduzir os riscos de fraturas em idosos

Através da análise de 112 mulheres que estavam na menopausa, os cientistas descobriram que, aquelas que tomavam remédios contendo os bifosfonatos, próprios para combater a osteoporose, apresentavam muito mais chances de sofrer fraturas na coxa e no quadril, do que aquelas que apenas tomavam suplementos alimentares.

Outros estudos, mais voltados para a alimentação, demonstraram ainda que a ingestão de proteína está também ligada à maior densidade mineral óssea.

De acordo com os pesquisadores, a maioria das fraturas ocorre após uma queda, o que pode ser causado pela menor massa muscular e diminuição da força nas extremidades inferiores.

Por isso, a proteína na dieta pode ser eficiente para proteger idosos contra as fraturas, através da construção de músculos mais fortes nas pernas.

Após o estudo, os médicos recomendam que os idosos consumam pelo menos 46 gramas de proteína por dia, que pode ser obtida de fontes animal (queijo, leite, frango) ou vegetal (legumes, grãos, nozes e sementes).




Além da dieta, a prática de exercícios para construir músculos mais fortes e melhor equilíbrio, bem como outras estratégias de prevenção de quedas, regular, como reduzir os riscos em casa, pode ajudar a proteger idosos contra quedas e fraturas no quadril.

Fonte principal: Revista Minha Vida – Alimentação

Como fortalecer os ossos

Uma dieta rica em proteínas fornece 1,2 a 1,5 gramas de proteína por quilo de peso corporal por dia, por isso, hoje compartilharemos com você uma receita fácil de preparar e muito saborosas.

Salmão fresco ao molho de pimentão

Ingredientes:

– 200 gr de salmão fresco;
– 1 cebola; 
– 1 pimentão verde ou vermelho;
– 2 tomates grandes;
– 1 dente de alho;
– azeite de oliva a gosto;
– uma pitada de sal.

Modo de Preparo:

Pegue uma frigideira e coloque azeite de oliva. Em fogo baixo, sele bem o salmão dos dois lados.
Depois de pronto, retire o salmão da frigideira.

Corte em pedaços a cebola, o pimentão, os tomates e o alho.

Na mesma frigideira, coloque a quantidade de azeite de oliva a seu gosto e, quando estiver bem quente, adicione todos os ingredientes cortados juntamente com o sal. 
Deixe em fogo baixo de 3 a 5 minutos.

Quando o molho já estiver pronto, retire da frigideira e espalhe sobre o salmão.

Sugestão: decore com folhas de alecrim.



Esperamos que tenha gostado deste post sobre como fortalecer os ossos com proteínas.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0
2 Comentários

Deixe o seu comentário

ATENÇÃO: antes de enviar a sua pergunta ou comentário, leia atentamente nossa Política de Comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *