A artrite reumatoide tem cura?

A artrite reumatoide é uma doença do nosso sistema imunológico que afeta as articulações. Do seu caráter autoimune se deduz que é o próprio organismo que ataca a si mesmo por erro.

Hoje veremos se a artrite reumatoide tem cura ou se somente é possível aliviar seus sintomas.




Este tipo de artrite provoca a inflamação das articulações e tecidos próximos, causando bastante dificuldade para movimentá-las. É importante salientar que frequentemente ocorre em mais de uma articulação, podendo afetar qualquer uma delas.

Além demais, se um joelho ou uma mão tem artrite reumatoide, geralmente o outro joelho ou mão também se veem afetados.

Artrite reumatoide tem curaMuitas pessoas têm a doença na forma leve ou moderada, com alguns períodos de melhora. No entanto, nos casos mais graves, a AR pode durar muitos anos ou inclusive a vida toda, podendo causar sérios danos às articulações.

Qualquer pessoa está sujeita a sofrer a doença, no entanto, pesquisas mostram que ocorre com maior frequência entre as mulheres.

Sintomas da artrite reumatoide

Seus sintomas mais frequentes são: dor, inchaço, fadiga, fraqueza e rigidez (mais comum na parte da manhã), podendo levar à perda das funções articulares e danos permanentes nas articulações.




Em alguns casos os pacientes podem sentir mal estar e cansaço, e às vezes podem ter febre.

A maioria dos pacientes relatam que sentem uma dor intensa, que é mais frequente nas madrugadas, uma sensação de calor local e vermelhidão nas articulações, enquanto outras experimentam outras afecções como consequência desta condição, como é o caso da síndrome do olho seco, a deficiência e deformação das articulações, além de dormência das mãos e dos pés, entre outras.

Causas da AR

Muitas vezes a artrite reumatoide é mal interpretada e confundida com outras formas de artrite.

Um equívoco bastante frequente é que a AR afeta somente as pessoas idosas, como resultado do uso e desgaste nas articulações.

Nada mais errado: na verdade, este tipo de artrite é uma doença autoimune que pode ocorrer em qualquer idade.

Sua causa exata ainda é desconhecida, mas já está confirmado que o sistema imunológico é o responsável por atacar e danificar as articulações do próprio corpo. Os pesquisadores estão aprendendo muito sobre como e por que isso acontece.

Alguns estudos verificaram que as pessoas com AR ativa têm uma proteína chamada fator de necrose tumoral (TNF) em quantidades acima do normal.




Embora o TNF seja produzido naturalmente pelo sistema imunológico, estima-se que o aumento dos seus níveis tenham um papel importante na inflamação produzida por este tipo de artrite.

Alguns fatores que poderiam influenciar no aparecimento da artrite reumatoide são:

– Genes (passados de pais para filhos).

– O meio ambiente.

– Os hormônios.

Mas, a artrite reumatoide tem cura definitiva?

Para um médico pode resultar bastante difícil responder a esta pergunta.

Não é porque não saiba a resposta ou porque seja difícil realizar o diagnóstico, mas porque dizer a alguém que ainda não há uma cura para a sua doença pode ser complexo.

No entanto, um bom médico vai tentar fazer de tudo para que a qualidade de vida do seu paciente seja a melhor possível e possa assim conviver com a sua doença.

Tratamento para artrite reumatoide

De acordo com dados da Arthritis Foundation, a medicina ainda não encontrou uma cura definitiva para a maioria dos tipos de artrite, mas podem ser feitos tratamentos eficazes para reduzir a dor e a incapacidade.

Sem dúvidas, o melhor que um paciente com artrite reumatoide pode fazer é tomar medidas para aliviar os sintomas desta doença crônica.

O tratamento para a AR, especialmente o tratamento precoce, pode ajudar a lidar com os sintomas da doença, melhorar a função física e deter o dano progressivo.

Os médicos têm várias opções para o tratamento desta doença, mas os objetivos geralmente são os seguintes:

– Eliminar a dor;

– Reduzir o inchaço;

– Reduzir ou deter as lesões articulares;

– Ajudar os pacientes a se sentirem melhor;

– Ajudar os pacientes a permanecerem ativos.

O tratamento também pode incluir a educação do paciente, programas de autocontrole e a participação em grupos de apoio que ajudam as pessoas a aprender mais sobre os seguintes assuntos:

– Os tratamentos disponíveis;

– Os exercícios e métodos de relaxamento que podem ajudar;

– A maneira correta de falar com o médico;

– A resolução de problemas.

Por outro lado, o tratamento para a AR também pode incluir:

Mudanças no estilo de vida, tais como manter um bom equilíbrio entre o descanso e o exercício, cuidar das articulações, reduzir os níveis de estresse e a adoção de uma dieta saudável.

O uso de medicamentos para aliviar a dor, reduzir o inchaço e evitar que a doença piore. Antes de fazer a prescrição, o médico deverá avaliar a saúde geral do paciente, a gravidade da AR, o provável tempo de uso e a eficácia do medicamento, além dos seus possíveis efeitos secundários.

Terapias alternativas, que podem incluir dietas especiais, vitaminas e a redução do estresse, entre outras.

Cirurgia, que pode ser utilizada para reduzir a dor e ajudar no funcionamento da articulação. No entanto, a recomendação é que seja utilizada só nos casos mais graves, em que outro tipo de tratamento não proporcione bons resultados.

É importante lembrar que a artrite reumatoide é uma doença progressiva, por isso a importância de agir rapidamente.

Ao contrário das inflamações que ocorrem nas lesões pequenas, que se curam, na AR a inflamação piora com o tempo e pode levar a um dano permanente das cartilagens e ossos, sendo que, muitas vezes, isto pode conduzir à perda definitiva da função articular.

Tratamento natural para artrite reumatoide

Independentemente do tipo de tratamento que o médico tenha lhe indicado, você também pode aliviar os sintomas da artrite reumatoide de forma caseira.

Veja nossas dicas a seguir:

tratamento natural para artrite reumatóide– Compressas frias

As compressas de gelo podem servir para reduzir a dor, o inchaço e a inflamação das articulações. Aplique as compressas durante 15 minutos, com uma pausa de 30 minutos entre uma aplicação e outra.

– O calor

A aplicação de calor relaxa os músculos. Para fazer esta terapia, você pode usar uma almofada de aquecimento úmida ou uma toalha quente. Você também pode usar esta terapia no chuveiro, deixando que a água quente entre em contato com as áreas afetadas.

– Relaxamento muscular progressivo

Para executar este exercício você deve se concentrar e relaxar todos os diferentes grupos musculares do corpo. Comece com a cabeça, pescoço e braços. Depois contraia e relaxe o peito, as costas e o estômago. Finalmente, trabalhe a sua pélvis, pernas e pés.

– Óleo de borragem

Alguns estudos têm demonstrado que este óleo pode reduzir alguns sintomas da AR, como a sensibilidade e o inchaço nas articulações, após 6 semanas de uso.

– Óleo de peixe

Este tipo de óleo contém ácidos graxos Ômega-3, com efeito anti-inflamatório, que pode ajudar a reduzir a rigidez matinal e proteger contra as doenças cardiovasculares. O uso recomendado e seguro é de até 3 g por dia.

– Extrato de semente de uva

De acordo com diversos estudos, pessoas com AR que tomaram este suplemento notaram uma diminuição na sensibilidade e a dor nas articulações. Seu uso não é recomendado para as mulheres grávidas.



Esperamos que estas informações sobre se a artrite reumatoide tem cura definitiva lhe sejam úteis.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0

Deixe o seu comentário

ATENÇÃO: antes de enviar a sua pergunta ou comentário, leia atentamente nossa Política de Comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *