Malefícios do refrigerante

Se tem algo que caracteriza os refrigerantes é o poder da sua imagem e, em contrapartida, suas carências nutricionais. Mas como é que um produto, sendo tão ruim, com tantos malefícios, pode parecer tão bom…? (Pensou no cigarro…? Acertou!).

Refrigerante: perigo!

Historicamente, os refrigerantes têm aparentado brindar soluções que infelizmente representam problemas para a saúde.

Os refrigerantes têm sido, quase desde sua criação, um dos grandes males silenciosos padecidos pela humanidade. Trata-se de um inimigo que caminha a passos lentos mas firmes.

Malefícios do refrigeranteO consumo de refrigerantes vai degenerando aos poucos a saúde: causa obesidade, enfraquece os ossos, produz diferentes alterações no organismo, afetando até o estado de ânimo.

Se não fosse pelos poderes econômicos e os claros interesses do setor, os refrigerantes deveriam levar um selo de advertência muito parecido ao dos cigarros.

Afinal, quais são os malefícios do refrigerante?

Vejamos a seguir alguns dos riscos provocados pelo consumo regular de refrigerantes, o que comprova as maravilhas da indústria do marketing:

– Osteoporose. O consumo de bebidas excessivamente doces potencia o risco de sofrer de osteoporose, devido à ação do ácido fosfórico, que impede a correta absorção do cálcio, enfraquecendo os ossos.

Um estudo da Tufts University descobriu que mulheres que bebiam apenas 3 refrigerantes por semana tinham uma perda óssea média de 4% (em regiões como os quadris), a mais que ao grupo de mulheres que ingeriam outro tipo de bebida.

– Obesidade. O consumo de refrigerantes está amplamente associado ao aumento de peso e à obesidade. 

Naturalmente, o aumento das calorias consumidas leva ao aumento de peso, mas, mesmo os refrigerantes diet podem ocasionar este problema.

Recentes estudos demonstraram uma associação entre o os refrigerantes sem açúcar e o aumento da cintura.

– Diabetes. Um estudo feito com 90 mil mulheres mostrou que, as que ingeriam uma ou mais bebidas com açúcar (como sucos ou refrigerantes), estavam mais propensas a desenvolver diabetes tipo 2. As bebidas com açúcar aumentam o nível de glicose em jejum e a resistência à insulina.

– Infarte. Pesquisadores da Universidade de Harvard descobriram que o consumo diário de uma bebida com açúcar aumenta em 20% as chances de sofrer um ataque cardíaco durante um período de 22 anos.

Este risco aumenta conforme a quantidade de bebidas doces consumidas diariamente.

– Triglicerídeos. Mesmo que a pessoa não aumente seu peso, os refrigerantes com açúcar podem ser prejudiciais para a saúde cardiovascular, especialmente nas mulheres.

As mulheres que consomem bebidas com açúcar são mais propensas a desenvolver níveis elevados de triglicerídeos.

– Cáries. O açúcar contido nos refrigerantes transforma qualquer consumidor em alvo perfeito de cáries dentária.

– Cálculos renais. A maior parte dos refrigerantes contém oxalato, que pode ocasionar problemas como cálculos renais.

– Insônia. Os refrigerantes também podem provocar transtornos do sono -como insônia- devido aos altos índices de açúcar que contêm.

– Gastrite. A enorme concentração de açúcar, aditivos e o Ph ácido podem provocar transtornos digestivos, como a gastrite.

Em resumo: os refrigerantes não aportam nutrientes nem outros elementos positivos para o desenvolvimento do nosso organismo, só contêm calorias vazias e malefícios geradores de problemas de saúde.

Por isso, pense muito antes de beber refrigerantes, se não puder evitá-los, pelo menos modere sua ingestão. Seu corpo agradece!

Esperamos que tenha gostado deste post sobre os malefícios do refrigerante.

Gostou deste post? Compartilhe-o com seus amigos:
Share on Facebook141Tweet about this on TwitterShare on Google+17Pin on Pinterest2
40 Comentários
  1. 24 de novembro de 2015
    • 24 de novembro de 2015
  2. 3 de novembro de 2015
    • 3 de novembro de 2015
  3. 3 de outubro de 2015
  4. 26 de agosto de 2015
    • 26 de agosto de 2015
  5. 21 de janeiro de 2015
    • 22 de janeiro de 2015
  6. 6 de janeiro de 2015
  7. 6 de janeiro de 2015
  8. 3 de fevereiro de 2014
  9. 3 de agosto de 2013
  10. 19 de julho de 2013
  11. 19 de maio de 2013
  12. 19 de maio de 2013
  13. 19 de maio de 2013
  14. 18 de maio de 2013
  15. 17 de abril de 2013
  16. 17 de abril de 2013
  17. 31 de março de 2013
  18. 29 de março de 2013
  19. 10 de março de 2013
    • 10 de março de 2013
  20. 28 de fevereiro de 2013
  21. 28 de fevereiro de 2013
  22. 25 de janeiro de 2013
  23. 4 de dezembro de 2012
    • 4 de dezembro de 2012
  24. 1 de dezembro de 2012
  25. 28 de outubro de 2012
  26. 24 de outubro de 2012
  27. 24 de outubro de 2012
  28. 14 de setembro de 2012
  29. 8 de julho de 2012
  30. 27 de abril de 2012
    • 28 de abril de 2012

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *